A São Paulo Fashion Week já é um evento mundialmente conhecido e um dos principais do calendário nacional da moda. Em 2016 chegou a sua 41ª edição com, novamente, muitos nomes conhecidos, tanto em termos marcas, como em estilistas, modelos e, claro, celebridades. Mas os protagonistas, como sempre, foram os looks e tendências.

Logo no primeiro dia, o estilo inconfundível de Ronaldo Fraga marcou definitivamente o início da temporada. Foram tranças, tranças e mais tranças e a tendência é clara, toda a inspiração que o estilista trouxe da África veio à  tona e muito bem retratada, também, por meio dos cabelos. Os modelos afros foram referência no desfile e estão inegavelmente trançados e assumidos no mundo da moda e da beleza.

Ronaldo Fraga Ronaldo Fraga2

 

Para o segundo dia, o destaque ficou com o estilista Karl Lagerfeld com opções de cabelos  minimalistas. Comportado é a palavra para descrever os cabelos de seu desfile para Riachuelo. Algumas franjas na testa e bem repicadas entraram nas composições, mas a maioria dos cabelos foram colocados bem baixos e divididos de lado, dando uma aparência bem séria para as modelos e compondo bem com a coleção.

Karl Lagerfeld2 Karl Lagerfeld3

 

 

Nos dias seguintes, Reinaldo Lourenço seguiu a as passarelas internacionais e se jogou na tendência  boyish para a beleza de seu desfile. Os cabelos foram jogados para trás e com um aspecto um pouco úmido, divididos de lado. Um típico penteado masculino que foi muito bem adaptado aos cabelos das modelos nesse desfile, causando impacto juntamente com a maquiagem e as roupas.

Reinaldo Lorenço Reinaldo Lorenço2

 

O desfile da Glória Coelho também foi marcado pelos cabelos minimalistas. Lisos e repartidos ao meio se perpetuam como tendência e se encaixam perfeitamente na coleção. O último dia de Fashion Week iniciou com um desfile que foi marcante para a temporada toda.

Gloria Coelho  Gloria Coelho3

 

Lino Ventura fechou as passarelas com cabelo e beleza pra lá de ousados, que descreveram bem as tendências que virão. Todos os cabelos foram elaborados e são chamativos, dos lisos aos crespos, teve de tudo. A maior referência de tendências foram os cabelos divididos para cima, pontudos, colados na cabeça e soltos naturais, essa tendência é a que veio para ficar: ousar e criar sempre.

Lino Villaventura  Lino Villaventura3

 

Todas as fotos desse post foram retiradas do site FFFW.

As passarelas são essenciais para o dia a dia de um cabeleireiro, podemos nos basear nessas tendências para criar penteados, cortes e estilos próprios. Essas criações se encaixam em quem quer estar na moda, sempre inovando.

Um beijo,

WN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *