Depois de muitos anos como cabeleireiro, posso dizer que, quando o assunto é comprimento dos fios, os cabelos longos estão entre os grandes preferidos. Seja por demonstrarem feminilidade ou por permitirem uma infinidade de penteados, a busca por cabelos compridos é tão constante que recebo frequentemente perguntas e dúvidas sobre o assunto.

Muitas mulheres me procuram citando truques, receitas malucas e produtos que prometem acelerar seu crescimento. Mas, mais importante do que discutir a eficácia destes métodos é  analisarmos o assunto mais a fundo, desvendando fatores que interferem diretamente neste processo, como a falta de alguns nutrientes no corpo.

Geralmente, a velocidade média de crescimento de um cabelo saudável gira em torno de 1 cm ao mês, podendo variar bastante de pessoa para pessoa. Confira a seguir alguns dos motivos que podem fazer seu cabelo crescer devagar e  previna-se: muitas vezes, alguns cuidados simples já são suficientes para garantir um cabelo mais comprido em menor tempo 😉

blog-jan-5-1

Genética

Fios com crescimento lento ou bastante finos podem ter ligação direta com a predisposição genética. Mesmo assim, com tratamentos específicos, é possível conquistar fios mas volumosos e resistentes. Consulte um Dermatologista de confiança 😉

blog-jan-5-2

Falta de nutrientes

Quando nosso organismo está carente de determinados nutrientes, todo o seu funcionamento pode sofrer consequências, inclusive a estrutura capilar. A falta de metais como zinco, cobre e ferro pode causar queda dos fios ou deixá-los mais quebradiços e finos. Neste caso, o ideal é apostar em uma alimentação equilibrada, composta de proteínas, verduras, frutas e cereais.

blog-jan-5-3

Oleosidade em excesso

O excesso de óleo no couro cabeludo pode acabar gerando uma inflamação e consequente queda dos fios. Para amenizar o problema, use produtos adequados ao seu tipo de cabelo e evite lavar os fios com água muito quente.

blog-jan-5-4

Processos químicos

Quando o cabelo passa por muitas químicas frequentes, como tinturas, descolorações e alisamentos sem o devido tratamento de recuperação, a estrutura capilar pode sair bastante danificada. O mesmo problema pode acontecer com o abuso de ferramentas térmicas sem a devida proteção. Como resultado, a ponta dos fios vai se quebrando, o que dá a impressão de um crescimento mais longo. Para evitar o problema, invista em hidratações frequências e procedimentos de reconstrução dos fios.

blog-jan-5-5

Mudanças hormonais: algumas disfunções ligadas ao funcionamento da tireóide ou aos hormônios sexuais podem modificar o crescimento natural dos fios. O ideal é consultar um médico especialista para que ele possa te indicar o tratamento mais adequado.

Um beijo,

WN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *